Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Socioambiental

  A Política Institucional do Tribunal Regional do Trabalho da 11.ª Região – AM e RR de Gestão Socioambiental tem como principal instrumento o Plano de Logística Sustentável - PLS TRT 11 AM e RR, aprovado em 01/07/2015, através da Resolução Administrativa n. 244/2015 do Tribunal Pleno, em atendimento ao Artigo 1.º da Resolução n. 201/2015 do Conselho Nacional de Justiça.

  Em julho de 2018 foram realizadas as primeiras reuniões para a construção da Política de Responsabilidade Socioambiental, em cumprimento ao Ato Conjunto CSJT-TST n. 24/2014, documento mais abrangente e que deve contar com a máxima participação das partes interessadas. O Ato Conjunto se baseia em normas nacionais e internacionais de Responsabilidade Socioambiental Corporativa, assim como tratados internacionais dos quais o país é signatário. Tem como objetivos estabelecer instrumentos, promover integração e efetividade das ações de responsabilidade socioambiental realizadas pelos Tribunais do Trabalho, promover o valor social do trabalho e a dignificação do trabalhador, promover a gestão eficiente dos recursos sociais, ambientais e econômicos e contribuir para o fortalecimento das políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável.

  A implantação da coleta seletiva de papel é uma das mais antigas da Justiça do Trabalho sem sofrer interrupções. Proposta em 2000, foi consolidada em 2002, antes do Decreto Federal 5.940/2006 que institui a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos da administração pública federal, na fonte geradora, e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis. Mesmo com o incêndio no Prédio Sede, em 2008, em três meses a coleta foi retomada. É o Projeto Valente - Valorização do Meio Ambiente.

   Em julho de 2018 foram realizadas as primeiras reuniões para a construção da Política de Responsabilidade Socioambiental, em cumprimento ao Ato Conjunto CSJT-TST n. 24/2014, documento mais abrangente e que deve contar com a máxima participação das partes interessadas. O Ato Conjunto se baseia em normas nacionais e internacionais de Responsabilidade Socioambiental Corporativa, assim como tratados internacionais dos quais o país é signatário. Tem como objetivos estabelecer instrumentos, promover integração e efetividade das ações de responsabilidade socioambiental realizadas pelos Tribunais do Trabalho, promover o valor social do trabalho e a dignificação do trabalhador, promover a gestão eficiente dos recursos sociais, ambientais e econômicos e contribuir para o fortalecimento das políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável.

 

  

Fim do conteúdo da página